FANDOM


O Piratpartiet, partido pirata sueco, foi fundado a 1 de Janeiro de 2006. Desde então, e depois da sua presença se fazer sentir, tanto internamente como pelo resto do mundo, os partidos piratas começaram a surgir globalmente, inspirados pelas iniciativas suecas. Existem oficialmente partidos na Espanha, Áustria, Alemanha, Dinamarca e Polónia, enquanto que em países como Estados Unidos, Reino Unido, Argentina, Finlândia e Austrália não estão registados, apesar de activos.

Em Junho de 2007, diferentes membros dos partidos a nível internacional reuniram-se em Viena, Áustria, para discutir o futuro do movimento. A conferência chamava-se "Next Step Politics!? Pirates to Brussels in 2009!?" ("Próximo Passo, Política!? Piratas a Bruxelas 2009!?).

Em 2008, o Partido Pirata da Alemanha tornou-se o segundo partido pirata a concorrer em eleições, nas eleições do estado de Hesse e recebeu 0,3% de votos válidos. Adicionalmente, existem discussões no Partido Pirata Internacional sobre a formação de partidos na Holanda, Chile, Brasil, Canadá, Suíça, Nova Zelândia, República Checa, Sérvia, Roménia, Irlanda e uma carta de notificação de que um partido se está a fundar no Peru. Um partido pirata foi também fundado na Eslovénia a 14 de Maio de 2009.

LinksEditar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória